Autor: Planeta Editora

  • AMAGAMULAZETXÊ

    Amagamulazetxê é um jogo de equipa, para crianças de ambos os sexos, entre os 6 e os 9 anos. Não há número limite de participantes. Para este jogo não é necessário nenhum material, realiza-se ao ar livre e basta um traço desenhado no chão. Dois jogadores, colocam-se de pé, frente a frente e de mãos […]

  • O burro batoteiro

    Havia, há muitos anos, num curral um burro, um boi e um cordeiro. Embora de manhã, tivessem os três que ir trabalhar, de tarde podiam descansar à vontade no curral, pois o dono deles tratava-os muito bem. Que fazer durante estas horas livres? Os três gostavam de jogos de azar, pelo que passavam as tardes […]

  • A lagarta misteriosa

    Era uma vez… Uma lagarta que andava numa horta a petiscar uma alface, quando de repente apareceram duas borboletas e disseram: – Então, ainda não passaste pela fase do mistério?– O quê? De que é que vocês estão a falar? E eu uma das borboletas que falou com ela!– Nada, nada! Acho melhor não te […]

  • O Caldo de Pedra

    Um frade andava no peditório. Chegou à porta de um lavrador, mas não lhe quiseram aí dar nada. O frade estava a cair de fome e disse: – Vou ver se faço um caldinho de pedra.– E pegou numa pedra do chão, sacudiu-lhe a terra e pôs-se a olhar para ela, como se a ver […]

  • O Rei vai Nu

    Era uma vez um rei muito vaidoso e que gostava de andar muito bem arranjado. Um dia vieram ter com ele dois aldrabões que lhe falaram assim: – Majestade, sabemos que gosta de andar sempre muito bem vestido – bem vestido como ninguém; e bem o mereceis! Descobrimos um tecido muito belo e de tal […]

  • O Homem que Vendia Provérbios

    À beira de Verdes Bosques chegou naquela manhã um vendedor que ninguém conhecia. Era baixo, delgado como um vime e tinha os cabelos todos brancos. Gritava: – Provérbios! Provérbios! Provérbios novos e usados! Uma moeda cada um! Quem quer provérbios? – E que fazemos nós com os provérbios? – Perguntou-lhe muito admirada uma gorda padeira. […]

  • O cão e a raposa

    Foi sem alvoroço que o Cão da quinteira falou à Raposa ladina matreira que buscava almoço: Comadre Raposa o que a traz por cá?! Assim de andar manso sem fazer barulho o rabo caído o olhar guloso… Vamos cara amiga ora conte lá quero que me diga! Que eu não acredito que vá de passeio. […]

  • A velha Maricutelha

    Era uma vez uma velhaMaricutelha ferrunfufelhaFerrou-lhe uma moscaMaricutosca ferrunfufoscaE foi-se queixar ao juizMaricutiz ferrunfufiz E o juiz maricutiz ferrunfufizDisse à velhaMaricutelha ferrunfufelhaQuando visse uma moscaMaricutosca ferrunfufoscaLhe desse com a mocaMaricutoca ferrunfufoca E a velhaMaricutelha ferrunfufelhaAo ver uma moscaMaricutosca ferrunfufoscaNa carecaMaricuteca ferrunfufecaDo JuizMaricutiz ferrunfufizDeu-lhe com a mocaMaricutoca ferrunfufoca

  • O Porquinho Comilão

    O porquinho da nossa história era muito comilão. O nosso porquinho era muito comilão! A mãe costumava ralhar com ele, com razão, porque o porquinho andava sempre à procura de alguma coisa para encher a barriga, não se importando nada que o que comesse fosse dele ou não. Era frequente ouvir a mãe dizer: – […]

  • O Coelhinho Aventureiro

    O Coelhinho Aventureiro, certo dia, saiu da sua casinha, que estava ao pé de um campo cheio de papoilas e, de mala na mão, com as suas gravatas nela guardadas, a escova dos dentes e uma muda limpa, partiu para ir conhecer o mundo. O Coelhinho Aventureiro andou toda a manhã sem encontrar vivalma. E […]