O Homem que Vendia Provérbios

À beira de Verdes Bosques chegou naquela manhã um vendedor que ninguém conhecia. Era baixo, delgado como um vime e tinha os cabelos todos brancos. Gritava: – Provérbios! Provérbios! Provérbios novos e usados! Uma moeda cada um! Quem quer provérbios? – E que fazemos nós com os provérbios? – Perguntou-lhe muito admirada uma gorda padeira. …

Read moreO Homem que Vendia Provérbios